Novo Código de Ética para Profissionais da Contabilidade - VCSis ContabilPress

Novo Código de Ética para Profissionais da Contabilidade

No último dia 14 de fevereiro o Conselho Federal de Contabilidade trouxe à público a NBC PG 01 – Código de Ética Profissional do Contador após mais de oito anos sem atualização. A última ocorreu em 2010.

Conforme os textos anteriores, o código visa fixar a conduta do profissional contábil no que diz respeito ás suas atividades e à classe contábil. O contador deve exercer a profissão com zelo, aplicar corretamente as Normas Brasileiras de Contabilidade e a legislação vigente, guardar sigilo e discrição frente aos assuntos pertinentes à profissão, manter a independência profissional e a imparcialidade para com as matérias que são objeto de seu trabalho, alertar seu cliente sobre eventuais circunstâncias que possam gerar riscos ou ônus ao mesmo, ser solidário com os colegas de classe, entre outras atribuições.

profissional deve observar, no que couber, o Código de Defesa do Consumidor, especialmente no que concerne à informação adequada e clara sobre os serviços a serem prestados, e a Lei de Propriedade Industrial que dispõe sobre crimes de concorrência desleal.

O Código de Ética Profissional do Contador tem por objetivo fixar a conduta do contador, quando no exercício da sua atividade e nos assuntos relacionados à profissão e à classe.

A conduta ética do contador deve seguir os preceitos estabelecidos na NBC 1/2019, nas demais Normas Brasileiras de Contabilidade e na legislação vigente.

O Código de Ética Profissional do Contador se aplica também ao técnico em contabilidade, no exercício de suas prerrogativas profissionais.

Dentre outras obrigações, o contador deve:

1. exercer a profissão com zelo, diligência, honestidade e capacidade técnica, observando as Normas Brasileiras de Contabilidade e a legislação vigente, resguardando o interesse público, os interesses de seus clientes ou empregadores, sem prejuízo da dignidade e independência profissionais;

2. recusar sua indicação em trabalho quando reconheça não se achar capacitado para a especialização requerida;

3. guardar sigilo sobre o que souber em razão do exercício profissional, inclusive no âmbito do serviço público, ressalvados os casos previstos em lei ou quando solicitado por autoridades competentes, entre estas os Conselhos Federal e Regionais de Contabilidade.

A nova norma entra em vigor no dia 01.06.2019.

Referencias | Leia na Integra
https://www.contabeis.com.br/artigos/5295/novo-codigo-de-etica-profissional-do-contador-o-que-muda/
https://www.portaldecontabilidade.com.br/nbc/res803.htm

Obs: Nosso interesse principal e indicar conteúdo relevante para vocês, descrevemos breves parágrafos neste artigo, para leitura na integra visite os sites de referencia acima

    1
    Olá,
    Qualquer dúvida pode me chamar aqui no whatsapp
    Powered by